segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

... esquecida ...

Esquecida aquela rosa
Num qualquer canto da vida
Já foi bela e perfumada
No entanto foi esquecida
O desencanto a murchou
O desalento lhe tirou o perfume
Àquela rosa esquecida
Num qualquer canto da vida
Já busquei seu perfume
Procurei a cor perdida
Soltaram-se as pétalas secas
Como lágrimas de despedida


Alma

11 comentários:

  1. Sempre acreditei que o bom não é senão o belo em acção, que um está intimamente ligado ao outro e que ambos tinham uma fonte comum na bem ordenada natureza.
    Gostei imenso do poema, as minhas felicitações.

    Chris Morris

    ResponderEliminar
  2. Es puro belleza la que siempre regalas a los ojos! precioso Anna! muchos besitos dorados y dulces sueños! muakkk!

    ResponderEliminar
  3. Olá querida Anna, agora sim conseguir colocar a imagem que me deu, amei e mais uma vez obrigadooo,
    seu blog está lindo.

    Anna se não for pedir muito gostaria de te pedir uma imagem com uma mulher morena porque sou morena gostaria muito de ter uma imagem feita por você com uma imagem de mulher morena, vou colocar tb no meu blog, desculpe te pedir isto mais gostaria muito de ter se for possivel.

    Desde ja agradeço.

    Querida Anna,

    Beijosss!!!

    ResponderEliminar
  4. Olá querida amiga Anna,

    Belíssimo poema num espaço maravilhoso.
    Felicito-te pelo bom gosto e pelo talento.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  5. "A vida é em parte o que nós fazemos dela, e em parte o que é feito pelos amigos que nós escolhemos

    ResponderEliminar
  6. E o perfume da rosa perdura no tempo...
    Beijinhos meu amor!

    ResponderEliminar
  7. Ana..encontri você no blog da querida e amada Sonia.
    Fiquei encantada com seus poemas e a beleza das suas imagens com tão delicados detalhes.
    Convido a seguir meu blog ja estou seguindo seu.
    Um feliz final de semana beijos carinhsos,Evanir.
    www.fonte-amor.zip.net

    ResponderEliminar
  8. Oi! Anna, que lindo poema...
    como tudo que você faz.

    Passei pra te deixar um
    abraço com carinho.

    Beijinhos!!!

    ResponderEliminar
  9. As rosas enfeitam, perfumam, encantam e depois são esquecidas... Lindo seu poema. De uma leveza que dá gosto ler. Parabéns.

    ResponderEliminar
  10. ciao!è un grandissimo piacere ritrovarti!come sempre le tue creazioni sono bellissime!
    Buon sabato!un bacio

    ResponderEliminar